Skip to content

A USP está com Haddad

outubro 1, 2012
01/10/2012 – 04h50

Haddad seria líder da eleição se apenas a USP votasse para prefeito

DE SÃO PAULO

da FOLHA DE S. PAULO

Se a eleição para prefeito de São Paulo fosse restrita a alunos, professores e funcionários da USP, Fernando Haddad (PT) lideraria a disputa, mostra pesquisa feita pelo Datafolha em parceria com a ECA (Escola de Comunicações e Artes) da universidade.

O petista alcança 25% das intenções de voto contra 15% de José Serra (PSDB).

Carlos Giannazi (PSOL) tem 9% e, no limite da margem de erro, aparece empatado com Serra em segundo.

Ele disputa o terceiro lugar com outros três candidatos: Soninha Francine (PPS) e Gabriel Chalita (PMDB), com 8%, e Celso Russomanno (PRB), que alcança 5%.

O cenário destoa do identificado pelo Datafolha no total da cidade, em que Russomanno lidera com 30% e Serra e Haddad disputam a segunda colocação, com 22% e 18%, respectivamente.

O percentual dos que dizem que optariam pelo voto branco ou nulo também é diferente na USP: 20% contra 8% na totalidade paulistana.

Haddad é líder também no recorte que considera apenas os alunos da instituição.

Já entre professores, o petista aparece numericamente atrás de Serra, mas tecnicamente empatado na liderança. Russomanno é o preferido de funcionários.

Os alunos representam 87% da amostra. Professores, 5%, e funcionários, 8%.

O levantamento na USP ouviu 1.003 eleitores e tem margem de erro de três pontos.

A pesquisa foi conduzida por alunos de jornalismo da ECA de 24 a 26 de setembro e processada pelo Datafolha. Está registrada no TRE com o número 1.178/2012.

O detalhamento mostra diferenças na intenção de voto de acordo com a unidade de origem do entrevistado.

Haddad, por exemplo, lidera nas faculdades de arquitetura e de comunicações e artes. Serra está à frente na de medicina e na de economia e administração.

Para Fillipe Mauro, do “Jornal do Campus”, periódico da ECA que divulga a pesquisa em parceria com a Folha, o levantamento mostra uma “universidade heterogênea”.

Ele destaca “a baixa inclinação a Celso Russomanno em toda a USP”.

Tanto Haddad quanto Serra foram alunos da universidade e lideram nas unidades em que cursaram graduação.

Editoria de Arte/Editoria de Arte/Folhapress

Na Faculdade de Direito, o petista tem 39%. Na Escola Politécnica, onde Serra iniciou a graduação em engenharia, ele alcança 21% contra 14% de Haddad.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: