Skip to content

Chistian Dunker

outubro 6, 2012

A segregação começa pela impossibilidade de fazer das diferenças um princípio de produção cultural. É pela cultura que aprendemos a nos reconhecermos para além de nós mesmos. É por ela que transmitimos nossos sonhos. É com ela que compartilhamos nossos sofrimentos. Cultura não é só um conjunto de eventos, exposições e shows, ou uma acumulação de saberes e valores. Cultura é o exercício para uma vida que ainda pode vir a ser. Fernando Haddad é a expressão desta mudança tanto na política cultural quanto na cultura da política.

Chistian Dunker é professor do Instituto de psicologia da USP

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: